A cantora Christina Perri, que será show de abertura da Demi: The World Tour, concedeu uma entrevista ao site brasileiro Popline e contou se está animada para isso.

Você vai abrir os shows da turnê da Demi Lovato! Está animada? Como surgiu o convite?

Nossa, estou muito animada. Saíremos em turnê em setembro. Sou muito fã dela, a mensagem que ela passa para os fãs através da música. Vai ser muito legal.

A revista adolescente Capricho publicou uma matéria em seu site onde cita 7 coisas que nós, lovatics, já estamos cansados de ouvir dos haters. Clique em “more” e confira a matéria:
(mais…)

Depois de passar sua adolescência lutando contra problemas pessoais, a cantora e ex-atriz da Disney Demi Lovato enfrentou seus vícios e transtornos alimentares. Agora em recuperação, ela diz para Catherine O’Brien por que ela acha que pode ser um “sinal de esperança para a próxima geração”. 

Nas linhas de abertura de seu livro ‘Staying Strong’, Demi Lovato aconselha todas as mulheres a terem uma mantra. O dela é: “Você está muito bem e maravilhosa.” Pode soar levemente mesquinho, mas passei apenas duas horas assistindo Demi canalizar a sua vibe rock-chique em saias justas e saltos altos para a sessão de fotos da YOU Magazine, estou em dúvida que isso funciona.

Em frente das câmeras, Demi exala confiança – orgulhosamente posando sob demanda. Mas um fotografo revelou o contrário, ela mudou para legging e botas de motoqueira e o jeito que ela se senta no sofá, abraçando suas pernas, me diz que o mantra não é o bastante para tecer sua magia. 

“Isso foi divertido, eu adorei”, diz ela. “Mas, na verdade, eu não diria que eu me sinto confortável na minha pele hoje. Eu estou tendo um daqueles momentos uma vez por mês, quando eu tenho um pouco de barriga e minhas roupas não cabem. Mas eu sou uma mulher e isso acontece, por isso agradeço a Deus pelos retoques! Beleza da vida real é bom para selfies e Twitter, mas quando se trata de sessões de fotos, bem, retoques não são uma coisa ruim.”

Que qualquer artista, em particular uma diva pop multi-platina-de vendas como Demi, deve ocasionalmente contar com um pouco de realce digital, é surpreendente. Que ela deve prontamente admitir que é mais isso. Mas, com 17 milhões de fãs no Facebook de Demi e 23 milhões de seguidores no Twitter já sabe, ela não é uma estrela que joga com as regras.

No ano passado, Demi confessou ter tido um vício tão grande em cocaína que ela carregava a droga para nos aviões para garantir que ela pudesse usar. ”Eu gostava de carregar comigo e esperar até que todos na primeira classe dormissem e então eu ia para o banheiro.” Foi uma revelação chocante – ainda mais por ter vindo dos lábios de uma ex-princesa da Disney cuja carreira começou aos sete anos de idade, quando ela estrelou no dos Barney e seus amigos. Para o os telespectadores normais, Demi parecia ser a menina com um futuro brilhante; a realidade era que ela havia se tornado uma jovem problemática com inúmeros problemas, incluindo distúrbio alimentar, auto-mutilação e dependência de álcool e drogas.

Claro, as estrelas, que, nos bastidores, começaram a se auto-destruir não são novidade - nomes como Lindsay Lohan, Miley Cyrus e Selena Gomez vem instantaneamente na cabeça.

A diferença com Demi parece ser que não só ela enfrentou seus demônios e teve sua carreira de volta nos trilhos como ela está atualmente promovendo seu quarto álbum de estúdio, ”Demi”, enquanto concilia com a parceria com o The Vamps antes de embarcar em uma turnê mundial que inclui Enrique Iglesias como seu convidado especial para quatro datas no Reino Unido em novembro -,ela também fez uma decisão consciente de ser totalmente sincera sobre seus problemas com doenças mentais.

Sua principal motivação, diz ela, é usar sua história como “uma luz de esperança para a próxima geração” – ela tem um grande público adolescente em seu show recente no Koko, em Londres. Os fãs estavam passando a noite do lado de fora para ganhar um olhar dela. Mas ela admite que há um retorno para ela, também.

“Quando você não está mais escondendo alguma coisa, você não se preocupa com o que vai sair. Eu não me importo com quem sabe sobre a minha vida, e agora que eu sou um livro aberto eu tirei um enorme peso dos meus ombros.

Agora com 21, Demi nasceu no Novo México, filha de Patrick, que era engenheiro e músico, e Dianna, uma cantora de música country. Quando ela tinha dois anos, seus pais se divorciaram e Demi mudou para o Texas com sua mãe e sua irmã mais velha, Dallas, agora com 26 anos. Dianna casou-se novamente, desta vez com Eddie De La Garza, um ex-gerente de uma concessionária. Demi passou a ter uma meia-irmã, Madison, com 12 e também é uma atriz de sucesso – ela atuou como Juanita Solis em Desperate Housewives.

Demi diz que ela se lembra, que aos cinco anos, vendo sua mãe tocar com artistas como Hank Williams Jr e George Strait ela pensava que ela também queria ser uma cantora. Mas ela também foi estimulada pela rivalidade entre irmãs: “Eu costumava me sentir a sombra a minha irmã mais velha”, diz ela. ”Dallas não queria que eu me sentisse assim, mas eu senti que eu nunca poderia brilhar totalmente, porque ela era linda, líder de torcida popular e eu era a garota estranha com bochechas rechonchudas e sobrancelhas enormes”.

Ambas, Dallas e Demi, participaram de concursos de beleza e foram para aulas de teatro e dança, e em pouco tempo Demi teve sua primeira chance ao lado de Selena Gomez em Barney & Amigos. Ela interpretou Angela, uma nerd de óculos, enquanto Selena foi a Gianna, a mais bonitinha. Na sua adolescência, ela ganhou o papel principal no filme da Disney Channel ”Camp Rock’‘, o que a levou a participar de turnês com os Jonas Brothers e o papel de Sonny Monroe no seriado da Disney ”Sonny with a Chance.”.

Mas, o sucesso de Demi não conseguia fazer sua insegurança ir embora. Por trás do brilho era uma teia de trauma emocional. O pai biológico de Demi era alcoólico, bipolar, esquizofrenico e lutava contra vícios em drogas e sua mãe tinha um distúrbio alimentar ainda não diagnosticado e também sofria de depressão. Demi tinha idade suficiente para entender o que seus pais estavam passando, mas o impacto de suas doenças acabaram tornando-a em uma criança velha antes do tempo.

“Eu sempre fui a menina que prefere ficar com os adultos, espiando suas conversas, do que brincar de esconde-esconde com as crianças da minha idade”, diz ela. Em particular, ela não consegue se lembrar de sempre de ter um relacionamento normal com a comida. Com oito anos, ela foi compulsiva (”Eu gostava de fazer biscoitos e depois comer tudo sozinha”) o que provocou gradualmente a um ciclo compulsivo de passar de fome, obrigando-a a ficar doente até vomitar sangue.

O que a Demi faz…
Lendo: Living Within do filósofo indiano Sri Aurobindo. É sobre o crescimento psicológico.
Escutando Christina Perri..
Assistindo: Acabei de terminar Scandal e eu estava completamente viciada.
Ícone Fashion: Kristen Stewart. Parece que ela não dá a mínima no dia-a-dia, mas quando se trata de tapete vermelho, ela arrasa.
Produto de beleza indispensável:Aveeno Cream para minha pele seca.
Economizando para um relógio Cartier. ”Toda vez que eu termino uma turnê eu penso “Eu posso me cuidar agora’, mas eu ainda não posso gastar uma quantia tão grande.”
Gostaria de ficar presa em um elevador com minha irmã mais nova. Eu posso dizer que ela vai ficar bem e ela não precisa se ??embriagar ou usar drogas para ser feliz. Eu digo a minha irmã, que tem 12, que se ela esperar até fazer 21 anos para experimentar bebida pela primeira vez, eu vou dar a ela um milhão de dólares!

Aos 12 anos, Demi deixou a escola depois de sofrer bullying. Em retrospecto, ela pode ver que os autores do bullying devem ter inveja de seu sucesso. “Eu me apresentei como uma artista chamada JoJo, meus amigos eram fãs dela mas eles nunca puderam conhecê-la e eu sim. Eu me senti desconfortável falando sobre isso porque eles ficariam com ciúmes, então eu disse pra mim mesma que eles me odiavam porque eu era gorda. Eles estavam falando que eu era gorda, então isso fez sentindo e é por isso que eu programei isso no meu cérebro. ” Ao mesmo tempo, ela também sofreu ferimentos leves em um acidente de carro e foram prescritos analgésicos. ‘’Foi assim que o abuso de substâncias começou. Eu gostei da sensação que me deram – eles meio que anestesiaram tudo – e eu também gostei de tomar pílulas extras, longe da minha mãe sem ela saber. ’’

E assim, como o sucesso de Demi cresceu durante sua adolescência, sua vida começou a ficar fora de controle. Ser educada em casa significava que seu horário era flexível e que poderia tomar mais no trabalho. “Tudo disparou, o que foi incrível, mas o lado negativo foi que eu pensei: “Bem, eu estou trabalhando como um adulto, então eu devo ser capaz de fazer festas como um adulto.” 
 

Em grande parte para capitalizar o sucesso de Demi, a família mudou-se para Hollywood, quando ela tinha 15 anos. (Dallas também tentou atuar, mas desde então se tornou só uma professora de atuação. “Eu acho que me assistindo aos olhos do público a fez perceber que ela não queria a minha vida”, diz Demi.)  Eddie desistiu de sua concessionária de carros para se tornar empresário de Demi e ela era efetivamente o ganha-pão da família. “Eu estava fazendo um monte de dinheiro, e quando meus pais [que ela quer dizer a sua mãe e seu padrasto] iria ficar em cima de mim para não beber e ficar fora, eu falava:” Eu que pago as contas, então o que você vai fazer? “Eu estava montando esse jeito de direito e superioridade e eles estavam em uma posição impossível, porque não há nenhum manual que explica como lidar com o tipo de adolescente que eu era.”

A única pessoa que não estava lidando com Demi em tudo na sua adolescência era seu pai biológico, cada vez mais distante. Durante o contato de vez em quando, lembra ela, “ele começou a ter delírios e eu já não podia decifrar quando ele estava dizendo a verdade e quando ele estava mentindo. Isso dói muito, então no fim cortei todo o tipo de comunicação.”

Muitas das canções de Demi tem como centro sua tensa relação com Patrick LovatoEm “For The Love Of a Daughter” do álbum Unbroken ela canta, ”Por favor, pai, coloquea garrafa de lado” e em ‘Shouldn’t Come Back’, uma música do seu álbum atual ‘DEMI’ que ela que não consegue mas ouvir, a letra diz, ‘Tentando não esquecer. Deveria ser mais fácil do que isso. Todos os aniversários que você faltou. Eu era apenas uma criança.’ No entanto, testemunhar o estrago que o álcool e as drogas causaram em seu pai, não foi o suficiente para impedir que Demi seguisse um caminho parecido. ‘Eu sempre tentei me convencer que enquanto eu estivesse bebendo e usando com outras pessoas, eu não seria como ele. 

”Enquanto eu estava festejando, eu era apenas uma adolescente comum.’ ela disse. A realidade é que ela secretamente começou a beber e usar drogas sozinha, e ela também se auto-mutilava por anos. O ponto crítico de Demi veio em Outubro de 2010, logo depois de seu aniversário de 17 anos quando durante a turnê na América do Sul com os Jonas Brothers, ela socou a backing vocal que ela considerava como amiga. ‘Eu estava fazendo shows de estômago vazio. Eu estava perdendo a minha voz por induzir o vômito. Eu estava me auto-medicando e meu emocional estava tão abalado que eu agredi alguém que significava para mim,’ declarou ela após o incidente. Aceitando totalmente a responsabilidade que aquilo foi um colapso, ela aceitou ir para o tratamento. 

Um incentivo a mais foi uma condição criada pela sua mãe que ela não teria permissão de ver sua irmã mais nova a não ser que aceitasse ajuda. ‘As palavras da minha mãe me fizeram perceber que minha vida estava uma confusão, e que apesar do sucesso, eu estava sozinha e miserável.
Eu amo a Madison e uma das principais razões para eu querer melhorar foi porque eu não queria ficar longe dela.” Durante três meses de internação no tratamento no centro residencial do Timberline Knolls em IllinoisDemi aprendeu que usava todos os seus vícios, as drogas, o álcool, a auto-mutilação e os distúrbios alimentares, como forma de dar a ela mesma a sensação de falso controle.

“Eu estava trabalhando com horários cansativos eu não podia parar com isso, e eu acreditava, erradamente que os meus vícios eram algo que eu tinha sobre controle.’ Ela também aprendeu, que como seu pai, ela era bipolar. “Eu me lembro do dia em que fui diagnosticada, e finalmente tudo fez sentido. Eu vivia com essa mania, momentos quando eu passava a noite inteira escrevendo canções, pensando sobre o mundo, e também aquelas profundos e escuras depressões quando tudo que eu queria era fechar a porta e não falar com ninguém. Isso era o porque eu queria me isolar, para tentar lidar com a dor.’

Mas o sucesso de Demi não aconteceu do dia para a noite. Apesar de lançar seu terceiro álbum Unbroken, em 2011, ela teve várias recaídas, então um ano após deixar o tratamento, ela se mudou luxuoso apartamento em Los Angeles que ela tinha para uma casa de sóbrios onde ela tinha acesso instantâneo a conselheiros e apoio, compartilhando suas experiencias com outros pacientes. Ela ficou la em 2012 enquanto trabalhava ao lado de Simon Cowell como jurada na versão americana de The X Factor. Enquanto isso, em uma virada extraordinária de acontecimentos, os terapeutas de Demi puxaram sua mãe de lado e sugeriram que ela também precisava lidar com seus próprios problemas. ‘Eu tinha um distúrbio alimentar terrível, que eu tinha há muitos anos, sem perceber.’ disse Dianna. ‘E muito do que [Demi] passou com um transtorno alimentar tinha a ver com o que ela tinha visto durante seu crescimento.’ “Minha mãe é minha heroína”, diz Demi. “Não há muitos pais que falam publicamente do jeito que ela fez e eu estou tão orgulhosa dela.”

Enquanto Demi e sua mãe tornaram-se mais próximas do que nunca – na verdade, sua mãe é parte de sua equipe, em Londres – a história que cerca o pai dela tem um fim irremediavelmente triste. Patrick Lovato morreu no ano passado, aos 54 anos, de câncer. Ele nunca se recuperou de seus problemas de saúde mental e ele e Demi nunca se reconciliaram, mas Demi compareceu ao seu funeral. Enquanto na cerimônia, ela encontrou pela primeira vez sua meia-irmã Amber, que era filha de seu pai de um relacionamento anterior e está agora tem uns 30 anos. “Eu e ela estendemos as mãos uma para a outra e foi nesse dia agridoce. Ela nunca fez contato antes, porque ela não queria que eu pesasse que ela queria algo de mim. Desde que me tornei famosa, apareceram toneladas de primos que saíram da toca, e isso me fez perceber que eu poderia confiar nela.’ Ao ser perguntada se encontraram coisas em comum., demi responde “Sim, nós tivemos experiências e problemas semelhantes, mas somos fortes e superamos. E estamos definitivamente mantendo contato”. Em um esforço determinado para garantir o surgimento positivo a partir da morte do pai, Demi também lançou ‘The Lovato Treatment Scholarship” em sua memória. O esquema é organizado pela Cast Recovery – o mesmo centro que apoiava a casa de sóbrios que Demi Morou Los Angeles e cobre as despesas de alguém lutando com problemas de saúde mental e dependências químicas.

Hoje, as cicatrizes dos dias de auto-mutilação de Demi estão escondidas por tatuagens em seus pulsos, que dizem ‘Stay’ e ‘Strong’ – uma palavra em cada um. Ela tem outras tatuagens, incluindo uma pena atrás da orelha e um bando de pássaros em seu braço direito. “Eles simbolizam a liberdade para mim”, diz ela. Ela também tem vários piercings na orelha e regularmente muda a cor e o estilo de seu cabelo – para sua recente turnê The Neon Lights Tour, ela raspou um lado da cabeça. ”Quando eu era impulsiva antes, eu estava fazendo escolhas erradas, por isso esta é uma forma de expressar-me de uma forma inofensiva. Alguns dias, você só quer pintar o cabelo cor de rosa, e eu não tenho medo de fazer isso”.

Ela toma medicação diária para gerenciar seu transtorno bipolar, mas o uso de drogas ilícitas está em seu passado e fazem mais de dois anos desde que ela tomou bebida alcoólica. “É um dia de cada vez”, diz ela. “Se eu pensar que eu nunca vou ser capaz de tomar um copo de vinho no jantar, eu fico ansiosa. E às vezes eu sinto vontade de ir a um bar e tomar algumas doses, mas eu sei onde eu vou estar em seis semanas ou seis meses se eu fizer isso. Somos uma raça diferente, nós alcoólatras, mas é como ter qualquer outra doença – Você tem que aprender a viver com isso”

Em vez de forçar-se a ficar sóbria em uma festa para seu aniversário de 21 anos em agosto do ano passado, ela foi para o Quênia e passou várias semanas uma escola para a aldeia. “Eu queria fazer algo que completamente fora de mim e ajudar os outros é a melhor maneira de se sentir melhor – Egoísta o suficiente.”

 Quanto ao seu transtorno alimentar, que, também, é um dia de cada vez. Ela monitora seu consumo de alimentos de perto. “Trata-se de comer o que é bom para seu corpo, mesmo quando você não quer, e não deixar essas vozes entrar na sua cabeça “, diz ela.

A única área da vida de Demi que ela opta por não ser totalmente aberta é sobre relacionamentos. Ela teve namorados altos, incluindo Joe Jonas e o ator Wilmer Valderrama, “o problema quando você assume uma relação pessoal é que quando acaba, acaba publicamente também”, diz ela. Ela reconhece, porém, que qualquer pessoa que esteja com ela tem que ser capaz de lidar com suas complexidades emocionais: “Eu seria um pouco esmagadora para alguém que não está em um bom nível de maturidade para me apoiar mentalmente.”

Lendo o livro de Demi – uma coleção de seus pensamentos em um formato de 365 dias, que é um guia poderoso não só para os adolescentes, mas também os seus pais – Estou certa de que ela é uma alma velha em um corpo jovem. “Eu às vezes penso que eu tive três vidas em uma”, diz ela. “Mas eu ainda estou aprendendo sobre quem eu sou; Eu não acho que descobri ainda.” Durante o tratamento, ela dizia para si mesma: “Eu posso ficar sóbria, mas eu não acho que eu possa ser feliz novamente, isso não é possível para mim.” E agora, ela diz: “Eu estou feliz, mas eu percebi passando por isso, que, felicidade é algo que você ganha quando você coloca no trabalho.”

É hora de voltar para o hotel, mas antes que ela vá, ela me disse que tem mais um compromisso: “Minha reunião no AA [Alcoólatras Anônimos]. Para ser honesta, eu estou exausta após esta sessão de fotos, mas eu estou indo por ir, porque eu sei que é bom para mim.” Quando ela está em turnê, ela faz com que isso seja uma prioridade para descobrir onde a reunião da AA mais próxima é, “porque eu começo a se sentir culpada se eu não for”.

Lá, no meio de estranhos, ela vai continuar a compartilhar a sua história: “É ser capaz de fazer isso que me faz sentir normal neste mundo, que não é nenhum pouco normal.”

Confira também as fotos do photoshoot exclusivo que Demi realizou para a You Magazine

Em maio, a cantora Demi Lovato passou alguns dias na capital Inglesa, em Londres, para realizar shows, entrevistas, e Lovato também realizou um photoshoot para a revista ”YOU”. Algumas fotos do photoshoot que foi realizado pela fotógrafa Diana Gomez foram divulgadas hoje! Você pode conferir todas as fotos em HQ clicando nas miniaturas abaixo, e fique ligado, assim que novas fotos em boa qualidade forem saindo iremos atualizar o post!

Dinah Jane Hansen, uma das integrantes da girlband Fifth Harmony, concedeu uma entrevista exclusiva onde fala mais sobre como foi trabalhar com Demi Lovato e as brincadeiras durante a tour. Confira:

Entrevistadora: O que você aprendeu a partir da Neon Lights Tour?

DJH: Aprendemos muito ao sair em turnê com Demi Lovato, mas um dos mais importantes conselhos que ela nos deu foi sobre os fãs. Demi nos disse que quando você entra no palco e você é capaz de ver os rostos dos seus fãs, certifique-se de que você se conecta com eles, fazer contato visual, e fazê-los saber que você aprecia-os. Conecte-se com eles, tanto quanto possível, porque eles são importantes. Eu tento fazer isso todas as vezes em que me apresento.

Entrevistadora: Você está mais preparado para brincadeiras após algumas das coisas que Demi fez em turnê?

DJH: Após a turnê com Demi, que definitivamente gostava de pregar peças em nós, eu sou muito mais preparada para brincadeiras em nossa próxima turnê. Eu gosto muito delas porque sempre tem que ter alguma coisa acontecendo no palco para entreter e divertir-se com os fãs. Desta vez quero todas as meninas junto de mim para que eu não tenha que sair por conta própria. Acho que poderia sair algo realmente bom!

Entrevistadora: Houve brincadeiras que nós não conseguimos ver?

DJH: Eu realmente não me lembro, mas o mais memorável foi a cena da torta com a Demi. Ela foi definitivamente o destaque de todas as brincadeiras em turnê, e eu espero que nós possamos pensar um pouco mais para o nossa tour com Austin!

 

 

Mickey Charts publicou uma lista onde mostra os maiores shows realizados por ex-estrelas da Disney no Brasil e Demi aparece 14 vezes na lista, com seus solos e também em junção com os Jonas Brothers. Veja as posições ocupadas pela cantora:

ANO – ARTISTA – ARENA – CIDADE – INGRESSOS VENDIDOS / INGRESSOS POSTOS A VENDA (%) – FATURAMENTO

2. Jonas Brothers e Demi Lovato – Estádio do Morumbi – São Paulo – 34,248 / 40,000 (85%) – $3,144,418 (2009)
3. Demi Lovato – Citibank Hall – São Paulo – 20,125 / 20,125 (100%) – $1,472,530 (2014)
4. Demi Lovato – Citibank Hall – Rio de Janeiro – 15,911 / 16,382 (97%) – $1,104,220 (2014)
5. Jonas Brothers e Demi Lovato – Praça de Apoteose – Rio de Janeiro – 15,006 / 20,400 – (74%) $1,329,811 (2009)
7. Demi Lovato – Credicard Hall São – Paulo 12,916 / 13,224 (98%) – $916,672 (2012)
9. Demi Lovato (Z Festival) – Arena Anhembi – São – Paulo 12,193 / 16,500 (74%) – $1,144,620 (2012)
11. Demi Lovato – Citibank Hall – Rio de Janeiro – 7,571 / 7,687 (98%) – $498,296 (2012)
13. Demi Lovato (Z Festival) – HSBC Arena – Rio de Janeiro – 6,846 / 7,500 (91%) – $625,108 (2012)
18. Demi Lovato – Espaço Brasília – Brasília – 5,733 / 5,733 (100%) – $456,132 (2014)
20. Demi Lovato – Via Funchal – São Paulo – 5,285 / 5,285 (100%) – $380,883 (2010)
21. Demi Lovato – Pepsi On Stage – Porto Alegre- 5,231 / 5,231 (100%) – $401,067 (2014)
22. Demi Lovato – Chevrolet Hall – Belo Horizonte – 4,693 / 4,905 (95%) – $348,350 (2014)
23. Demi Lovato – HSBC Arena – Rio de Janeiro – 4,367 / 4,700 (93%) – $361,258 (2010)
24. Demi Lovato – Chevrolet Hall – Belo Horizonte – 3,645 / 4,353 (84%) – $286,387 (2012)

Para conferir toda a lista completaclique aqui.

 

Como já postado anteriormente, um suposto comercial do Teen Choice Awards 2014 afirmava Demi Lovato como uma das atrações musicais. Ontem, (25), o próprio twitter da premiação confirmou a performance da cantora, confira abaixo:

Eu tenho a novidade que os #Lovatics estavam esperando ouvir!. @ddlovato irá performar ”Really Don’t Care” com @CherLloyd no #TeenChoice”

Demi Lovato é a mais recente capa da revista britânica “You”, que é distribuída juntamente com o jornal The Mail. A publicação estará disponível a partir deste domingo, 27.

tumblr_n98e9blC1G1roewk4o1_500



Como a maioria viu ontem (25), Demi Lovato deixou uma mensagem  “Vamos deixar o álbum Demi em #1 no Top do iTunes Brasil! a tag “#LoucosporDemiLovato”  entrou nos Trending Topics do twitter e o álbum DEMI, mesmo após um ano de lançamento, voltou à posição #1, no iTunes Brasil!

 


Slide1

Ontem (25), a cantora Demi Lovato esteve em West Hollywood, CA para mudar seu visual no salão Nine Zero One com a cabeleireira Riawna Capri. Demi repicou as pontas e fez um novo penteado para seus cabelos curtos, não deixando o roxo de lado. E ai, o que acharam?!

Página 1 de 3451234567891011...Última »