ALLURE: A verdadeira razão para Demi Lovato continuar falando sobre seus distúrbios alimentares

Demi Lovato, a estrela do mês de fevereiro da revista Allure, vem mostrando atitude e independência durante anos. Ela é a antítese das doces estrelas do pop, com seus cabelos negros e curtos e sua constelação de tatuagens. Enquanto está longe de ser a primeira estrela a se rebelar contra suas raízes da Disney, ela foi a primeira a falar abertamente sobre seus problemas.

Em 2009, surgiram fotos mostrando Lovato com cicatrizes de vários cortes em seus pulsos, e, um ano depois, ela buscou tratamento contra bulimia. Em 2010, enquanto estava em turnê com os Jonas Brothers, Lovato foi alvo de manchetes por agredir uma dançarina durante uma viagem ao Peru; ela se internou em uma clinica de reabilitação logo depois. Por fim, ela decidiu tomar a frente e resolver os seus problemas. “Eu percebi que poderia ajudar as pessoas”, diz ela. Quando uma jovem estrela partilha sua história nua e crua, ela acrescenta: “tem que ser criado uma relação para que a criança tenha abertura para vir e dizer, “estou lidando com isso” ou “eu tenho um problema e preciso de ajuda”.

Nos últimos anos, Lovato incorporou suas lutas em sua música e sua mensagem, falando sobre suas batalhas contra anorexia e bulimia, auto-mutilação e abuso de drogas. (Em 2013, dois anos após ser diagnosticada com transtorno bipolar, ela escreveu o best-seller da New York Times, “Staying Strong: 365 Days a Year“, lançado pela editora Faiwel & Friends). Desde então, ela tem recebido muitos elogios mas também críticas sobre sua franqueza. “Vão ter pessoas que vão dizer, “pare de falar sobre transtornos alimentares. Nós temos. Você lutou. Agora cale a boca”, conta ela, muito incomodada. “Tenho certeza que eles se cansam de ler sobre isso, porque eu me canso de falar sobre isso, mas no último verão eu comecei a me vestir mais sexy e eu recebi algumas mensagem do tipo, “você mudou”, ela sorri ironicamente. “É tipo, o que há de errado em ser confiante e ser o suficiente para conseguir isso?”.

É um refrão que atingiu inúmeros fãs de todas as idade, mas principalmente as mulheres jovens, que, cada vez mais, estão idolatrando coragem, sem remorso, mulheres resistentes e heroínas. E a mais recente evolução no estilo de Lovato é uma declaração e tanto em sua própria música. “Eu nunca me senti tão confiante com meu próprio corpo como me sinto atualmente”, diz Lovato. “Um ano atrás, enquanto estava em turnê, boa parte do meu corpo estava coberto pelo figurino, e era porque eu estava me escondendo atrás de muitas camadas. Uma vez que comecei a me sentir melhor com meu corpo, me senti confortável para mostrar minha pele. Eu tenho insegurança quanto aos meus braços, então usar uma camiseta de alças no palco é extremamente libertador para mim, e desconfortável às vezes. É também uma declaração tipo, “Ei, veja. Você não tem mais aquela Demi insegura de alguns anos atrás. Estamos falando de atualmente”.

Talvez seja pela sua formação na Disney, mas, às vezes, Lovato soa como uma estrela de seu próprio especial após a escola do canal ABC. Ela é muito consciente que tem o dever de ser um exemplo, e não há falta de lições aprendidas para compartilhar, especialmente quando se trata de permanecer saudável com seu corpo e sua mente. Ela é uma grande defensora do auto-cuidado – isso explica a massagem nos pés. Na turnê, ela se exercita regularmente e é acompanhada por um nutricionista que escolhe suas refeições. “As minhas escolhas alimentares não estragam a minha vida mais”, diz ela.