Demi Lovato abre o jogo sobre uso de drogas, álcool, e brigas com Miley Cyrus

Fonte: Virgula.uol

Demi Lovato promete causar polêmica na próxima edição da revista americana Seventeen, prevista para sair ainda este mês. Em trechos da entrevista exclusiva divulgados nesta quinta-feira (5), a cantora de Skyscraper admite o uso excessivo de drogas e detalha a amizade com as amigas Miley Cyrus e Selena Gomez.

“Eu estava exagerando nas bebidas e nas drogas, como vários adolescentes fazem para amortecer a dor”, admitiu a cantora ao relembrar o período de problemas emocionais que atravessou em 2010, e que acabou em uma clínica de reabilitação.

Sóbria e saudável, Demi atribuiu a melhora à amizade de poucos, mas fieis amigos. “Posso contar nos dedos quantas pessoas cuidaram de mim”, disse. “Quem foi, eu nunca esquecerei”.

Entre as amigas mais próximas da cantora de 19 anos estão Miley e Selena, companheiras de Demi desde os tempos de atriz da Disney. “Nunca vou me afastar de nenhuma das duas não importa o que aconteça, porque passamos por muita coisa juntas”, disse.

De acordo com a ex-namorada de Joe Jonas, a relação com Selena é tranquila – “Ela não é o tipo de pessoa que briga facilmente” – mas a amizade com Miley Cyrus é muito conturbada.

“Miley e eu somos muito cabeça-dura, então quando brigamos é brutal, e juramos nunca mais ser amigas novamente. Mas dois dias depois dizemos ‘eu te amo, sinto sua falta'”, revela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*