Demi Lovato: ‘Minha época na Rehab inspirou meus fãs a lidarem com seus problemas também’

Fonte: Metro
Tradução e adaptação: Equipe Portallovato

A estrela da Disney, Demi Lovato, 19, bateu em uma das dançarinas dos Jonas Brothers e entrou na reabilitação. Ela retorna de uma maneira pop com o novo álbum Unbroken e conversa aqui com oMetro sobre superar seus demônios e por que ela ama tanto seus fãs.

Metro: O que podemos esperar do seu álbum?

Demi: Muitas musicas dançantes, algumas sobre amor e decepções mas também algumas musicas onde eu falo sobre os problemas que eu tive de lidar

Metro: O single é muito emotivo, não?

Demi: É bem emotivo. É sobre superar seus problemas, é sobre força. Não há muitas musicas no álbum como essa. Eu queria manter esse álbum alegre.

Metro: Você também gravou uma música sobre sua relação distante com seu pai – por que?

Demi: Eu nunca falei sobre isso. Eu queria escrever uma musica expressando as razões pelas quais nós não conversamos e mostrar meu lado da história.

Metro: Você teve uma época turbulenta. Qual foi seu ponto mais baixo?

Demi: Quando eu fui para o tratamento mas eu superei e estou bem mais forte.

Metro: O que levou a isso?

Demi: Só enfrentar meus problemas que eu guardei por muitos anos. Eu deveria ter pedido ajuda á muito tempo atrás mas eu deixei acumular, o que não foi uma decisão saudável.

Metro: Quais são suas novas tatuagens?

Demi: Eu tenho um pequeno coração no meu pulso, que meus fãs desenhavam em seus pulsos todos os dias que eu estava no tratamento. Eu pensei qual o melhor jeito de agradecer do que tatuar um em meu pulso. Foi incrível ter aquele apoio e eu não poderia estar aqui hoje sem eles. Eu olho para os meus pulsos todos os dias e sou muito agradecida a eles.

Metro: Os Fãs disseram que você é um exemplo de como lidar com distúrbios alimentares, não disseram?

Demi: Eles disseram que eu sou uma inspiração por ajuda-los a lidar com seus problemas seja distúrbios alimentares ou automutilação. [Lovato teve problemas pessoais com ambos]. Eu não esperava que isso acontecesse. Eu só queria ser uma cantora. Acabou me levando a uma jornada com um significado bem maior.

Metro: Você pensou em abandonar o show business?

Demi: Claro. Eu pensei: ‘Estou exausta, as pessoas não entendem e muitas delas são negativas comigo.’  É difícil. Tem muitas pressões em cima de você quando você está na indústria. Mas eu amo fazer isso, Eu amo cantar, eu não quero desistir apenas porque é difícil.

Metro: Você gostaria que seus filhos entrassem no show business tão jovens?

Demi: Eu comecei quando tinha 7  mas atuei apenas por um ano. Eu tinha uma infância muito normal. Se eles quiserem fazer isso eu deixaria mas eu não os encorajaria.

Metro: As crianças são capazes de lidar com uma carga de trabalho que nem a sua?

Demi: Sim, e eles fazem isso o tempo todo. Existem leis que especificam quantas horas uma criança pode trabalhar. Ao mesmo tempo, é importante que as crianças sejam crianças. Eu prefiro deixa-los terem uma infância.

Metro: Que lições a música te ensinou?

Demi: A continuar e nunca desistir.

Metro: Você se pesquisa no Google?

Demi: Todo mundo faz isso.  Eu gosto de ver se meus sapatos combinaram com meu vestido no Red carpet ou como meu cabelo ficou naquele evento. Você quer ver como as pessoas reagem a um novo vídeo ou musica. Você precisa ver o que seus fãs gostam; você precisa saber o que eles pensam e você procura na internet para saber isso. Isso não significa que todo mundo esta certo de dizer qualquer coisa na Internet. Você só precisa ser seletiva e entender que algumas pessoas são haters só para ser mesmo.

Metro: Você responde os haters?

Demi: Eu respondi um uma vez pelo twitter. É engraçado porque eles não esperam que você faça isso. Eles fizeram um comentário e eu respondi ‘você é grosseiro’. Eu mais ignoro eles. Aquela hora me fez me sentir um pouco melhor, eu acho.

Metro: De que cantores você gosta?

Demi: Eu sou uma grande fã da Rihanna. Eu amo sua atitude e seu novo álbum. Eu também amo o novo álbum da Kelly Clarkson.

Metro: Quais foram os pontos altos da sua carreira?

Demi: Ter o álbum Nº 1 na Billboard e ganhar o Teen Choice e People’s Choice Awards.

Metro: Qual foi sua maior compra?

Demi: Eu comprei uma Mercedes conversível – a E350 ou alguma coisa? Eu não sei. É o meu carro, eu dirijo todo dia. Não é um brinquedo, então eu uso muito.

Metro: Quais são os benefícios da fama?

Demi: Ser ouvida e lutar pelas coisas que você acredita. Ser capaz de inspirar as pessoas pela musica. Eu apoio campanhas Anti-Bullying.

Metro: O que mais você gostaria de conseguir?

Demi: Ganhar um Grammy.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*